aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Pizza Fitness: Dicas para Aproveitar o Dia da Pizza – LIVE! Blog LIVE! Blog

Pizza Fitness: Dicas para Aproveitar o Dia da Pizza

Selecionamos três receitas de pizza fitness para você aprender a fazer e aproveitar para colocar em prática no dia dedicado exclusivamente à ela, dia 10 de julho.

Que pizza é uma delícia, não tem como negar. Imagine uma massa fofinha e quentinha, com bastante molho de tomate e (muito, mas muito) queijo derretido. Não tem como ler e não ficar querendo algumas fatias, não é mesmo? E temos certeza que enquanto falamos de ‘pizza’ você já está associando à imagem de pizzaiolos italianos lidando com o preparo delas. Mas sabia que a comida não teve origem na Itália, como muitas pessoas pensam?

Na verdade, sua origem é bem mais antiga e contraditória: alguns acreditam que a pizza nasceu na Grécia com os gregos produzindo suas massas com farinha de trigo, de arroz ou de grão de bico e assando-as em tijolos ardentes; outros acreditam que a história da pizza começou há mais de seis mil anos com os hebreus que teriam inventado uma mistura de farinha com água muito parecido com o “pão sírio” que conhecemos hoje.

Mas uma coisa é certa: foram as Cruzadas da Era Medieval que levaram o costume árabe à Nápoles, na Itália. Foi só após chegar na cidade que o prato, antes consumido como um tipo de sanduíche dobrado ao meio, começou a ser servido aberto em disco com acréscimo nos recheios com azeite de oliva, ervas e molho de tomate. 

De lá para cá a criatividade só aumentou e atualmente existem inúmeras opções de recheios de pizzas e opções de massas também. Ainda bem, afinal para quem busca manter uma alimentação equilibrada sem deixar de comer essa delícia, as versões mais saudáveis se adaptam a várias dietas e gostos.

Pizza saudável existe?

Uma das comidas favoritas por grande parte da população, a pizza está presente em várias ocasiões do dia a dia das pessoas — seja como opção de lanche rápido ou de happy hour com os amigos e família. É quase impossível manter fora da alimentação.

Mas para quem evita comer por achar que não se aplica a sua dieta, seja por motivo de emagrecimento ou de restrição alimentar, será que não existe uma outra alternativa ou uma pizza mais saudável?

Pensando nisso, conversamos com a nossa embaixadora Jenifer Garcia. A Jenifer é nutricionista e tem em comum o nosso propósito de inspirar vidas mais ativas e saudáveis. Confira aqui as respostas dela para as dúvidas mais frequentes quando o assunto é pizza:

 

Porque a pizza não é saudável?

Jenifer Garcia: Ela é considerada não saudável por geralmente ser um alimento com muita gordura saturada, com farinha refinada, embutido, com uma densidade calórica alta — e quando consumida em excesso acaba não fazendo bem para a nossa saúde.

Qual versão é a mais saudável?

Jenifer Garcia: A opção mais saudável são as massas integrais ou de fermentação natural. Quanto aos recheios, as opções mais saudáveis geralmente são marguerita, mussarela e tomate seco com rúcula. As pizzas com menor quantidade de ingredientes e com queijo de boa qualidade são as mais saudáveis.

Como substituir a pizza na dieta?

Jenifer Garcia: Uma ótima ideia é fazer a sua própria pizza fitness, em casa, usando ingredientes saudáveis e que você pode usar tranquilamente na sua dieta. A massa você pode fazer com farelo de aveia, farinha de grão de bico, farinha de amêndoas. Tem até versões de massa usando couve-flor ou batata doce. Para o molho, você pode usar molhos mais naturais ou até mesmo fazer molho de tomate caseiro. Para um recheio mais saudável, aposte em frango desfiado ou atum, e finalize com um queijo de boa qualidade — como o queijo de minas padrão ou queijos curados.

Quantas calorias tem (em média) uma pizza fitness?

Jenifer Garcia: Tudo depende da pizza fitness, pode variar. Mas uma opção simples feita com farelo de aveia, ovos e fermento na massa e um recheio de queijo minas padrão, fica em média de 120 calorias a fatia. Não é muito calórico e ajuda no processo de emagrecimento, por exemplo.

Quem está de dieta pode comer pizza?

Jenifer Garcia: Com certeza! Tudo é o contexto, a quantidade. Então se você conseguir fazer uma reeducação alimentar com 90% da sua alimentação rica em legumes, verduras e frutas, não tem problema uma vez por semana (ou num evento especial) você consumir uma ou duas fatias de pizzas. O importante é ter equilíbrio. E ir variando ao longo da semana e final da semana com as opções mais saudáveis de pizza fitness, com ingredientes naturais e de qualidade.

Receitas fitness

Para encerrar a conversa, nada melhor do que terminar em pizza – literalmente! Trouxemos aqui três receitas de pizza fitness da nossa nutri Jenifer Garcia, super simples e fáceis de fazer, para você aprender.

Dia 10 de julho é comemorado o Dia da Pizza e a nossa dica é curtir o dia em casa, vestindo looks confortáveis e colocando em prática suas habilidades culinárias com uma dessas receitas.

Leia também: Netflix: 5 Filmes para Ver a Vida de Forma Mais Positiva

Confira:

Pizza com Massa de Farelo de Aveia

Ingredientes para a massa:

150g de farinha de aveia

4 ovis grandes

1 colher de sopa rasa de fermento

Preparo:

Misture todos os ingredientes até que fique uma massa homogênea. Unte uma forma de pizza com azeite de oliva e despeje toda a massa na forma de pizza. Leve a massa ao forno por 15 a 20 minutos ou até que apresente uma cor dourada. Retire do forno, adicione o recheio da sua preferência e leve novamente por mais 5 minutos.

Pizza com Massa de Batata Doce

Ingredientes para a massa:

200g de batata-doce cozida, sem casca amassada

2 colheres de sopa de farinha de arroz

1 colher de sopa de azeite de oliva

Sal a gosto

Preparo:

Misture todos os ingredientes em uma tigela. Em uma forma de pizza, abra a massa suavemente com as mãos ou com a ajuda de uma colher. Leve ao forno por mais ou menos uns 10 minutos. Retire do forno, adicione o recheio da sua preferência e leve novamente.

Pizza com Massa de Couve-flor

Ingredientes para a massa:

1 xícara de couve-flor crua

1 pacote de queijo ralado

1 colher de sopa de salsinha

1 colher de sopa de orégano

2 claras de ovos

Preparo:

Rale a couve-flor crua e misture todos os ingredientes até que fique uma massa homogênea. Unte uma forma de pizza com azeite de oliva. Despeje toda a massa na forma e modele. Leve ao forno por 15 a 20 minutos ou até que a massa apresente uma cor dourada. Retire do forno, coloque o recheio e leve ao forno por mais 5 minutos.

E se você ainda prefere algo mais rápido ainda, encontramos essa opção super legal de pizza fitness de frigideira da nossa parceira Monica Wagner. Na massa vai apenas farinha sem glúten, iogurte natural, azeite e sal. Prático e fácil de fazer!

(Visited 199 times, 1 visits today)

Postado em:Alimentação

Team LIVE!

Escrito por Team LIVE!

Deixe seu comentário