Outubro Rosa

Outubro Rosa na LIVE!: conscientização, saúde e bem-estar

Outubro é o mês dedicado à prevenção do câncer de mama e à saúde da mulher. Todos os anos, por meio da cor rosa, nosso olhar é voltado à mensagem de prevenção e identificação precoce da doença com ações realizadas no mundo por meio do Outubro Rosa.

O movimento foi criado pela fundação estadunidense Susan G. Komen for the Cure no início da década de 1990, de acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA). Desde então, as ações se espalharam buscando conscientizar mulheres do mundo todo. 

Neste Outubro Rosa, reunimos dicas sobre saúde da mulher, bem-estar e prevenção do câncer de mama, além de informações sobre tratamento compartilhadas pelo Dr. Raidel Deucher, coordenador médico do Mutirão de Reconstrução Mamária. Confira!

Como fazer o autoexame?

Você não precisa de muito para começar a se cuidar. Faça o autoexame e fique atenta a alguns sinais. O câncer de mama é o tipo mais frequente entre mulheres no mundo, segundo o INCA. Embora ainda não seja possível evitar a doença, existem hábitos e cuidados que podem ajudar a detectar o câncer logo no início. 

Quanto antes o tratamento for iniciado, maiores serão as chances de cura e recuperação da paciente. Conhecer o próprio corpo é muito importante para a prevenção do câncer de mama, pois ajuda na identificação precoce da doença. Isso pode ser feito por meio do autoexame. 

Se tocar na região da mama e da axila, olhando e percebendo o próprio corpo sem medo, ajuda a identificar alterações. A herança genética não é o único fator de risco, há diferentes condições que podem resultar na doença.  

Sempre que for percebido algo diferente no corpo, é muito importante procurar um médico com conhecimento em saúde da mulher. Um ginecologista ou mastologista podem ser consultados para solucionar dúvidas e, se for necessário, encaminhar para fazer um exame de mama mais detalhado.

Fique atenta aos sinais de câncer de mama:

 

  • Nódulos e caroços na mama ou axila;
  • Pele da mama retraída, avermelhada ou com aspecto semelhante à casca de laranja;
  • Líquido ou sangue saindo do mamilo;
  • Manchas fixas na pele da mama.

Veja como seguir uma vida mais saudável

Manter um estilo de vida ativo e saudável é importante para evitar diversas doenças, muitas delas relacionados à saúde da mulher. Quando o assunto é câncer de mama, isso não é diferente. Quanto mais bem preparado o organismo estiver, melhor vai responder ao tratamento.

Além de ajudar na prevenção do câncer de mama e proporcionar saúde e bem-estar, manter bons hábitos também melhora a condição das pacientes durante e após o tratamento.

 

Leia também: 5 Exercícios para fazer em casa e manter a rotina 

Leia também: Conheça o aplicativo para treinos LIVE! Experience

Fazer exercícios físicos

No Brasil, aproximadamente 13% dos casos de câncer de mama diagnosticados em 2020 poderiam ser evitados se houvesse uma redução de fatores de risco relacionados ao estilo de vida, principalmente à falta de atividade física. 

O dado foi apontado em uma pesquisa elaborada pela Coordenação de Prevenção e Vigilância (Conprev) do Instituto Nacional de Câncer, apresentada neste ano durante o seminário de abertura do Outubro Rosa.

Por isso, manter-se em movimento é tão fundamental! Experimente diferentes atividades físicas e encontre aquela que você mais gostar. Pratique com frequência, respeitando os limites do próprio corpo e priorizando a sua saúde e bem-estar acima de tudo.

Alimente-se bem

Uma alimentação saudável também ajuda a prevenir doenças. Priorize sempre comida de verdade, encha o prato com verduras, legumes e alimentos produzidos pela natureza. Evite comer ultraprocessados com frequência. Se for preciso, consuma-os apenas em momentos excepcionais. 

Nutrir o corpo com comida de verdade fortalece o sistema imunológico, deixando o organismo mais preparado para se recuperar quando for preciso. Não menospreze o poder de uma alimentação saudável!

Mantenha os exames em dia

A mamografia é o exame de mama que consegue detectar da maneira mais precoce as lesões iniciais da doença.

Para a população em geral, a indicação das autoridades de Saúde é que ela seja feita com frequência a partir dos 40 anos. Caso haja histórico de câncer de mama na família, o indicado é começar a fazer aos 35 anos.

Mas lembre-se: caso note qualquer alteração nos seios, seja durante o autoexame ou não, procure um profissional de saúde para fazer um exame de mama mais detalhados.

Priorize o seu bem-estar

Tão importante quanto cuidar do nosso corpo físico é manter a nossa mente saudável, preservando a nossa saúde mental. Priorize o autocuidado e procure atividades que permitam desenvolver uma percepção corporal mais saudável sobre si mesmo. 

Yoga, meditação e mindfulness são atividades que estimulam uma conexão com o próprio corpo, voltando o próprio olhar para dentro e permitindo desacelerar a rotina geralmente tão atribulada.

Não esqueça que nós somos seres sociáveis, com um grande senso de pertencimento. Por isso, em caso de diagnóstico positivo para o câncer de mama, busque redes de apoio e cerque-se de pessoas que elevem a sua autoestima. Receber afeto é fundamental para entender, aceitar e, sobretudo, superar a doença. 

Leia mais: Beach Tennis: conheça o esporte que conquistou os brasileiros

Saiba mais sobre o tratamento do câncer de mama

A ciência tem avançado muito e hoje em dia há uma ampla possibilidade de tratamento para o câncer de mama. A alternativa escolhida dependerá da condição da paciente. Em alguns casos, basta uma cirurgia ou tratamento de bloqueio hormonal. Em outras situações, será preciso fazer quimioterapia. Há ainda as pacientes que são submetidas a sessões de radioterapia.

Para muitas mulheres, o tratamento inclui a retirada da mama. De acordo com o cirurgião Raidel Deucher, coordenador médico do Mutirão de Reconstrução Mamária, aproximadamente 90% das mulheres em tratamento vão precisar de alguma cirurgia reparadora.

Muitas delas terão de fazer mais de um procedimento, inclusive. Algumas pacientes têm apenas parte da mama retirada, e em outras todo o volume precisa ser removido. Isso vai depender do nível de gravidade do tumor.

Conheça o Mutirão de Reconstrução Mamária

Neste Outubro Rosa, pelo terceiro ano consecutivo, a LIVE! abraça a campanha do Outubro Rosa e apoia o Mutirão de Reconstrução Mamária.

A ação voluntária atende mulheres que retiraram a mama durante o tratamento do câncer, promovendo um reencontro delas com a autoestima. 

O foco da iniciativa é dar suporte às mulheres que aguardam na fila do SUS e não têm condições de pagar pelo procedimento na rede privada, fazendo também com que a fila da rede pública ande mais rápido.

O Mutirão começou em 2014 e já realizou 99 cirurgias ao longo dos 8 anos de atuação do projeto – número contabilizando até o dia 30 de setembro de 2021. O procedimento é feito no Hospital de Caridade, em Florianópolis, parceiro do projeto.

Todas as Regatas Basic LIVE! Holographic na cor rosa vendidas em agosto, setembro e outubro de 2021 terão 100% do lucro doado ao Mutirão de Reconstrução Mamária.

Saiba mais sobre a ação e ajude a transformar a vida de muitas mulheres.

(Visited 53 times, 1 visits today)

Postado em:Bem-estar

Team LIVE!

Escrito por Team LIVE!

Deixe seu comentário