Guia: Nova York pelo Team LIVE!

Uma viagem para New York City é sempre uma experiência de vida! Com atrações famosas como Times Square, Central Park e Empire State Building, a cidade reúne muito mais para se ver do que qualquer outro lugar do mundo. Certo? E nesse pouco espaço de tempo que o #teamlive esteve lá – foram exatos cinco dias –, deu para visitar alguns dos hot spots do momento. Se você já foi ou pretende ir, fica aqui o nosso guia Nova York.

LUGARES

Meatpacking District

Essa vizinhança funciona 24h por dia! O novo hot spot de Nova York fica no West Side de Manhattan, contornada pelos bairros Chelsea e West Village. Nos últimos 20 anos, designers de moda e gráficos, arquitetos, artistas, chefs de cozinha e grandes escritórios corporativos se mudaram para o distrito, que ganhou uma dinâmica superinteressante.

A arquitetura histórica misturada a estruturas contemporâneas, do salto alto passando pelos tijolos de paralelepípedo. A região industrial, misturada às boutique chiques dos dias de hoje. É lá aonde estão alguns dos mais badalados restaurantes e baladinhas da capital.

Site: http://www.meatpacking-district.com/

guia-ny-meatpacking

Chelsea Market

No Meatpacking District está também esse mercado descoladíssimo que antigamente funcionava como uma fábrica de biscoitos. (As matérias primas para produção das gostosuras vinham pelos trens da High Line). O Chelsea Market foi reativado como um mercado de pulgas e de alimentos.

De um lado, barraquinhas/estandes/lojinhas com marcas descoladas de bijoux, almofadas, necessáires, óculos, com design descolado. De outro, adentra-se numa área beeem ampla que reúne apenas comidas. Local perfeito para tomar o brunch, almoçar, jantar… Ou seja, ficar o dia inteiro! O parque de diversões dos gulosos reúne de vinho a café, do queijo ao cheesecake, de udons a cheeseburgues! Um dos locais que tem feito muito sucesso é o Beyond Sushi, um restaurante 100% vegano de sushis! Ou seja, a aparência da comida é igual a de um típico restaurante japonês, mas os ingredientes são veganos e vegetarianos.

Site: http://www.chelseamarket.com/

guia-NY-chelsea

High Line Park

Um dos mais novos (e badalados) parques públicos dos EUA foi construído sobre os trilhos de trem desativados. Numa extensão de 2,5 km, o caminho suspenso cruza três bairros

de Manhattan West Side e oferecem uma agradável caminhada pela disputada NY. Idealizado por um grupo de empresários, que reativaram a área criada em 1934, o parque conta com um agradável jardim, food trucks, chaises para relaxar e eventos culturais.

Quase metade das plantas do High Line são espécies nativas dos Estados Unidos e o paisagismo idealizado permite que as plantas retenham o máximo de água possível – facilitando sua manutenção. Vai visitar? Fique atenta aos horários de funcionamento.

Site: http://www.thehighline.org/

guia-ny-high-line

Brooklyn Bridge Park

Imagine uma vista incrível, aquela sombra gostosa de uma tarde de verão e um espaço amplo, com inúmeras possibilidades para a prática de esportes, passear, relaxar, fazer piquenique. Assim é o novo parque do Brooklyn, que foi idealizado por cerca de 20 anos, e que, apesar de já ser maravilhoso, está apenas com 75% do seu projeto pronto.

Cenário escolhido para a nova campanha LIVE! 2017, o parque oferece uma área verde incrível para usufruto da população, tem campos de futebol, quadras de basquete, pista de skate… e uma vista para Manhattan de tirar o fôlego, com arranha-céus, pontes históricas, a Estátua da Liberdade e One World Trade Center.

Site: http://www.brooklynbridgepark.org/

guia-ny-brooklyn-park

Dumbo area

Down Under the Manhattan Bridge Overpass, ou traduzindo para o português, área logo embaixo da Manhattan Bridge. E que área! Estúdios de arte, empresas de tecnologia, livrarias de títulos independentes, boutiques com novos designers… Um charme e personalidade que só!

É lá também que você se depara com uma super paisagem de cartão postal, perfeito para a selfie das redes sociais. No cruzamento da Washington Street com a Water Street, a Manhattan Bridge cruza a rua entre os prédios formando uma paisagem de cair o queixo.

guia-ny-dumbo

RESTAURANTES

Pret a Manger

Café orgânico e comidinhas naturais, frescas e feitas à mão nos Estados Unidos? Siiim! E em cada esquina! Agora é possível se alimentar bem logo pela manhã com essa franquia com proposta mais natural – local favorito da diretora criativa de LIVE!, Joice Sens, pela praticidade, sabor e qualidade. Você se serve nas prateleiras de saladas, iogurtes e sucos em potes descartáveis ou vai ao balcão pedir por um Mocachino, muffin ou outros lanches quentes. Nham! O local vive cheio no café-da-manhã, no brunch e até no lanche da tarde! Essa delícia já tem também na França, China, Dubai e Reino Unido.
Site: https://www.pret.com

guia-ny-pretamanger

FIG & OLIVE

A melhor bruschetta que comemos nos últimos meses. Na medida certa da crocância, tempero e boniteza. Peça de entrada um mix da Signature Crostini. A que comemos foi de Cogumelos (com artichoke, trufa e parmesão) e a Burrata(com tomate, pesto, azeite balsâmico). O FIG & OLIVE é restaurante que se diz apaixonado pelos melhores azeites, sabores e cozinha da Riviera costa do sul da franca italia e espanha. E deve ser daí tantos sabores numa mordida. Eles combinam cada azeite de oliva extra virgem com prato, e pode ser oferecido para provar no inicio de cada refeitca.

O decor lindo, escuro, com tons rosados, musica altissima e gente animada, que bebida spritz e cosmopolitans próximos ao bar. E não existe só lá não, tem em Chicago, Washington, California.

Site: http://www.figandolive.com/

figandolive

The Standard Grill

Aninhado no Standard Hotel, logo abaixo do recém aberto High Line (que comentamos acima), reúne vários ambientes e estilos num só local. No exterior, as mesas ficam na calçada dentro de um charmoso jardim ao ar livre. Dentro, o ar de bistrô francês da área do bar cede passagem até o salão de jantar, que aí ganha uma cara mais de steak house (ou uma “churrascaria” mais chique, com madeira e móveis de couro vermelho).

Fomos duas vezes! Uma à noite, com o restaurante ganhando mais status de bar, luzes bem escuras e décor descolado – as garrafas de tap water (ou água da torneira, bem comumente servida nos restaurantes americanos) ficavam dentro de uma banheirinha. De dia, o clima era mais light, com famílias ou amigos almoçando entre uma compra e outra ou passeio no High Line. Comemos um clássico cheeseburguer, acompanhado de fritas.

Site: http://www.thestandardgrill.com/

guia-ny-thestandard

Carmine´s

Tradicional restaurante italiano, data da primeira filial de 1990. Apesar de já estar com uma cara mega turística e viver abarrotado de pessoas, vale a pena! Os pratos são de-li-ci-o-sos e servem um batalhão, o nosso alimentou três pessoas e ainda sobrou! A culinária do sul da Itália agrada facilmente a todos, com com várias opções no menu – que fica exibido na parede –, de massas a frutos do mar. Também tem filiais nas Bahamas, Nova Jersey e Las Vegas.

Site: http://www.carminesnyc.com/

guia-ny-carmines

BAR

Blind Barber

Barbearia durante o dia, mas um bar secreto animado à noite, nos fundos. Esse estilo de bar, conhecido como Speakeasy, está bombando em Nova York – e já tem em São Paulo. A fachada é uma barbearia, padaria, farmácia, ou qualquer outra coisa, mas na verdade servem de fachada para bares instalados nos fundos, com direito a pista de dança, barmens e agito. O estilo remete aos anos 1920, quando na época da Lei Seca nos EUA era proibido vender livremente bebidas alcoólicas. Apesar de ser legalizado hoje, é muito divertido encontrar esses espaços improváveis.

Nós fomos no Blind Barber, que é bem divertido. Mas também fala-se bem do 55 Bar e do Please Don´t Tell.

Site: https://www.blindbarber.com/

guia-ny-theblindbarber

 

Amou NY? Nós também! Vem ver como foram os bastidores da nova campanha. Clica aqui: http://www.liveoficial.com.br/blog/campanha-2017-nova-york/

Danielle Reis

Written by

Jornalista de Moda, é coordenadora do marketing digital e eventos da LIVE!. Adora andar de patins, jogar squash e se aventurar em esportes ao ar livre.

1 comment / Add your comment below

Deixe uma resposta