Alongamento: conheça os benefícios e exercícios fáceis de fazer

Você vive na correria do dia a dia, da casa para o trabalho, do trabalho para o treino, sem tempo nem de respirar. Que tal parar um pouco para fazer alongamento e prevenir dores musculares, cãibras e até mesmo microlesões?

Alongamento

A Professora de Educação Física e Yoga, Adriana Camargo, (CrefRJ 038516) explica que o alongamento pode minimizar dores pós-atividades, e por isso, listou cinco exercícios rápidos e fáceis de serem executados antes do seu dia começar.

Para melhores resultados, conte mentalmente até vinte em cada um dos exercícios. E quando for bilateral, lembre-se de repeti-lo do outro lado durante o mesmo tempo.

Para fazer em casa

1-Em pé, flexione uma das pernas dobrando o joelho para trás e segure o tornozelo com as mãos. Pressione o calcanhar contra o bumbum alongando a parte da frente da coxa. Se quiser alongar mais intensamente, incline o tronco à frente, ainda pressionando o calcanhar contra o glúteo. Repita o movimento com a outra perna.

 

2 – Sente-se no chão. Enquanto uma perna está esticada, a outra fica com o joelho flexionado. Apoie o pé da perna dobrada na parte interna da coxa da perna estendida. Eleve então os braços e flexione o tronco à frente indo com as mãos em direção ao pé da perna estendida. Se conseguir, segure o pé. Sinta toda a sua cadeia posterior sendo alongada. Repita do outro lado.

 

3 – Deite-se com a barriga para cima e as duas pernas esticadas. Flexione uma delas e traga o joelho em direção ao tórax com as duas mãos. Fique nessa posição contando até 20 e depois estique a perna para cima, segurando no pé ou na panturrilha e trazendo a perna agora estendida em direção ao tronco. Faça do outro lado. Essas movimentos são bons para alongar glúteos, posteriores de coxa, panturrilhas e pés.

4 – Deite de barriga para cima, com as costas no chão, e passe uma das pernas flexionadas para o lado oposto do tronco, torcendo a coluna. Os braços devem estar apoiados ao longo do corpo, no chão, e a medida que a perna for realizando uma torção maior, o alongamento pode ser potencializado empurrando o joelho flexionado em direção ao chão com a mão desse mesmo lado.

5- Esse último movimento serve pra todo mundo, especialmente para quem usa salto. E é possível fazê-lo até na rua: Em pé, fora ou dentro de casa, apoie a parte da frente do seu pé num degrau (ou meio-fio), com a perna oposta estendida e afastada uma passada para trás. Flexione o tronco à frente e sinta a panturrilha da perna apoiada sendo alongada. Depois, é só repetir com a outra perna.

Fê Lüttke

Written by

Analista de Mídias Sociais da LIVE!, adora levar uma vida leve. Ama correr e se orgulha em ser uma meia maratonista. Autora do blog Mulheres na Pista (www.mulheresnapista.com)

1 comment / Add your comment below

Deixe uma resposta