aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Benefícios do Alongamento com 5 Exemplos Práticos! LIVE! Blog

Benefícios do Alongamento com 5 Exemplos Práticos!

Você conhece os benefícios do alongamento? Separamos 5 exemplos práticos para você fazer em casa e prevenir lesões.

O alongamento nada mais é do que um exercício físico direcionado para a flexibilidade dos músculos e que oferece uma série de benefícios para a sua saúde, além de ser fundamental para ativar a circulação do sangue.

“Eu estou com dores musculares, mas vivo sem tempo para me cuidar. Será que os alongamentos me ajudariam?” Com certeza! São diversos os benefícios do alongamento. Agora que tal separar uns minutinhos do seu dia para fazer alongamentos e prevenir essas dores? Vem com a gente!

Benefícios do alongamento

São diversos os benefícios do alongamento, tanto para atletas profissionais ou amadores, quanto para quem quer iniciar agora. E para te ajudar, separamos uma lista com os principais benefícios. Confira:

  • Melhora na qualidade de vida;
  • Relaxa o corpo e a mente;
  • Melhora na aptidão física;
  • Promove saúde;
  • Melhora a postura;
  • Reduz as cãibras;
  • Aumento da elasticidade, flexibilidade e agilidade;
  • Aumento da consciência corporal;
  • Ativa a circulação do sangue;
  • Evita lesões musculares;

E para completar, o alongamento também minimiza as dores pós-atividades. Mas lembre-se, alongamentos intensos demais podem provocar lesões, tome cuidado, tá?! Afinal, não queremos que você sofra com dores musculares ou cãibras.

Importância dos alongamentos

O principal objetivo do alongamento é preparar os músculos para reduzir a tensão gerada com os movimentos dos exercícios, e também melhorar a flexibilidade. Além de ser uma prática essencial para o corpo.

Mas você sabia que existem momentos certos para se alongar? E que em algumas práticas é importante fazer aquecimento ao invés do alongamento? Não? Então vamos te contar um pouco mais sobre isso.

Para exercícios que requerem movimentos amplos, como ginástica olímpica e dança, é importante que o alongamento seja feito antes de iniciar os exercícios. Já em outras atividades, como academia, corrida, natação, entre outros, é recomendado que inicie com um aquecimento e deixe para fazer o alongamento pós-treino.

Além disso, antes de iniciar seu treino, seja qual for, converse com seu educador físico para identificar qual seria o melhor alongamento para você, afinal, existem diferentes tipos de alongamentos, e cada um deles é realizado de uma forma específica.

O alongamento estático é o clássico e mais tradicional. É o qual você alonga determinado músculo ou grupo muscular deixando uma área estendida, e as outras partes do corpo permanecem estáticas, mantendo-se na posição durante 15 a 30 segundos.

Já o alongamento dinâmico são movimentos mais enérgicos, como saltos, corridas e outros movimentos que promovem a flexibilidade. Esse tipo de alongamento é ideal para trabalhar todas as partes do corpo.

Há também o alongamento passivo, que é muito utilizado no pilates. Onde você conta com a ajuda de outra pessoa ou equipamento para realizar os movimentos, respeitando os limites do seu corpo.

Benefícios do alongamento diário

Já falamos sobre vários motivos para fazer alongamentos e muitos dos seus benefícios, mas você tem separado alguns minutos do seu dia para se alongar? 

Se você passa muito tempo sentado, trabalhando ou estudando, é importantíssimo que você inclua o alongamento na sua rotina, pois além de alongar o corpo, também auxilia na produtividade, proporciona bem-estar e dá energia para seu corpo e sua mente.

Fazer alongamento matinal ou antes de dormir pode ser uma ótima alternativa. Pela manhã você se sentirá mais disposto, e pela noite irá ajudar você a reduzir o estresse, aliviar as dores, relaxar e ter uma noite mais tranquila.

Você pode optar também por alguns movimentos simples para alongamentos das pernas, afinal são membros fundamentais para a nossa rotina, sendo essencial não apenas para quem pratica exercícios. Lembre-se de alongar as panturrilhas também.

Yoga e pilates são atividades específicas de alongamento e que duram cerca de 30 minutos ou mais. Aulas como essas irão sem dúvida ajudar você a evitar dores musculares e são excelentes para seu corpo.

Independente da sua idade, se você faz exercícios físicos ou não, você pode aprender a fazer alongamento em casa. Tudo o que você precisa é separar alguns minutos do seu dia, um pequeno espaço e principalmente, disposição. 

5 exercícios práticos para fazer em casa

Para te ajudar, a Professora Adriana Camargo (CrefRJ 038516) listou cinco exercícios rápidos e simples para fazer em casa antes do seu dia começar. 

Para obter melhores resultados, conte mentalmente até vinte em cada um dos exercícios. Quando for bilateral, lembre-se de repeti-lo do outro lado durante o mesmo tempo.

Exercício 1

Flexione uma das pernas dobrando o joelho para trás e segurando o tornozelo. Pressione o calcanhar contra o bumbum, alongando a parte da frente da coxa. Caso queira se alongar com mais intensidade, incline o tronco à frente, ainda pressionando o calcanhar contra o glúteo. Repita o movimento com a outra perna.

Exercício 2

Sente-se no chão e enquanto uma perna fica esticada, a outra fica com o joelho flexionado. Apoie o pé da perna dobrada na parte interna da coxa e eleve os braços. Flexione o tronco à frente indo com as mãos em direção ao pé da perna estendida e se conseguir, segure o pé. Sinta toda a sua cadeia posterior sendo alongada. Repita do outro lado.

Exercício 3

Deite-se com a barriga para cima e com as duas pernas esticadas. Flexione uma delas e traga o joelho em direção ao tórax com as duas mãos. Fique nessa posição por 20 segundos e depois estique a perna para cima segurando no pé ou na panturrilha trazendo a perna estendida em direção ao tronco. Repita do outro lado também. 

Esses movimentos são bons para alongar glúteos, posteriores de coxa, panturrilhas e pés.

Exercício 4

Deite de barriga para cima e passe uma das pernas flexionadas para o lado oposto do tronco, torcendo a coluna. Os braços devem estar apoiados ao longo do corpo, no chão, e a medida que a perna for realizando uma torção maior, o alongamento pode ser potencializado empurrando o joelho flexionado em direção ao chão com a mão do mesmo lado.

Exercício 5

Esse último movimento serve para todo mundo, especialmente para quem usa salto. E é possível fazê-lo até na rua. Em pé, fora ou dentro de casa, apoie a parte da frente do seu pé num degrau (ou meio-fio), a perna oposta deixe estendida e afastada uma passada para trás. Flexione o tronco à frente e sinta a panturrilha da perna apoiada sendo alongada. Depois, é só repetir com a outra perna.

E aí? Super fácil né? Quer mais dicas de treinos para fazer em casa? Você pode fazer também um treino funcional em casa.

Ou seja, agora que já te contamos sobre vários benefícios do alongamento e te passamos exemplos práticos para fazer em casa, bora alongar? Alongue suas pernas, seus braços, suas panturrilhas, alongue seu corpo todo e em breve você sentirá a diferença na sua saúde e na sua vida! Seja ativo, saudável e feliz!

Aproveite para conferir nossos looks super comfys e ideais para alongamentos, práticas de yoga e pilates.  

 

(Visited 362 times, 1 visits today)

Postado em:Bem-estar

Team LIVE!

Escrito por Team LIVE!

1 comentário em Benefícios do Alongamento com 5 Exemplos Práticos!

  • Avatar

    Faço sempre, me alongo bastante, sempre me faz treinar melhor.

Deixe seu comentário